Editoras Parceiras

A Andross Editora nasceu no campus da Universidade Cruzeiro do Sul, em São Paulo, em agosto de 2004, para abrir espaço no mercado editorial aos alunos que não tinham condições de publicar seus primeiros textos. Iniciou as atividades com obras acadêmicas, mas cresceu e se mantém no mercado graças a um modelo de negócio diferenciado: a publicação de antologias.
As coletâneas são temáticas e reúnem textos inéditos de autores em início de carreira, além de contar com a participação de escritores veteranos e, muitos deles, premiados.
Para saber mais, visite o site ou o blog da Editora e curta a página no Facebook. Aqui no blog, acompanhe a tag Andross Editora para novidades, sorteios e resenhas!

_________________________________________________________________________ 

Em 1976, Geraldo Jordão Pereira (1938-2008) fundou a Editora Salamandra, com o propósito de formar uma nova geração de leitores, e acabou criando um dos catálogos infantis mais premiados do Brasil. Em 1992, fugindo de sua linha editorial, lançou “Muitas vidas, muitos mestres”, de Brian Weiss, livro que deu origem à Editora Sextante. Fundada em 1998, a Editora Sextante tem como missão publicar livros com temas universais, que sejam claros, acessíveis e que tragam uma significativa contribuição para a felicidade, o bem-viver e o crescimento pessoal.
Fã de histórias de suspense, Geraldo descobriu “O Código Da Vinci” antes mesmo de ele ser lançado nos Estados Unidos. A aposta em ficção, que não era o foco da Sextante, foi certeira: o título se transformou em um dos maiores fenômenos editoriais de todos os tempos.
Mas não foi só aos livros que se dedicou. Com seu desejo de ajudar o próximo, Geraldo desenvolveu diversos projetos sociais que se tornaram sua grande paixão. Com a missão de publicar histórias empolgantes, tornar os livros cada vez mais acessíveis e despertar o amor pela leitura, a Editora Arqueiro é uma homenagem a esta figura extraordinária, capaz de enxergar mais além, mirar nas coisas verdadeiramente importantes e não perder o idealismo e a esperança diante dos desafios e contratempos da vida.
A Saída de Emergência, criada em 2003, é hoje uma das mais sólidas editoras independentes de Portugal, com mais de 600 títulos publicados. Líder no segmento do fantástico, ficção-científica, horror, entre outros, a Saída de Emergência é hoje uma das 10 maiores editoras Portuguesas. Entre os autores que fazem parte do catálogo da editora estão Nora Roberts, George R.R. Martin, Bernard Cornwell, Irvin Yalom, Sylvia Day e os brasileiros Antonio Maria e Antonio Torres. 
_________________________________________________________________________ 

A Editora Deuses é nova no mercado editorial. Surgiu em 2012, com a certeza que será uma das grandes líderes editorias do Brasil e, logo, será altamente renomeada em todo o mundo, visando fazer da Editora um exemplo não apenas de empresa, mas de vida.
Pouco a pouco ganha seu espaço e dia a dia as notícias sobre a editora e seus escritores surgem no mundo literário. Ela trabalha não só com livros de literatura em geral, mas com HQs também.
O nome surgiu porque a Editora considera seus escritores os deuses da escrita, buscando, a cada obra, um mundo mais cordial, humanitário, moral e digno.
Um dos principais diferenciais da Editora é o apoio aos novos autores do nosso país, pois recruta autores iniciantes: uma oportunidade única pra quem tem o sonho de ter seu próprio livro publicado! Você pode adquirir mais informações sobre o envio de originais aqui e, para conhecer os próximos lançamentos da Deuses, clique aqui.
_________________________________________________________________________

A Editora Draco publica somente livros nacionais. Gosta de explorar o imaginário brasileiro e apoia os novos autores. Por isso, publica livros de diversos gêneros – da fantasia ao chick-lit, da ficção científica ao romance –, antologias de contos e quadrinhos, tudo exclusivamente nacional.
Draco. Do latim, dragão. “A palavra dragão (em inglês, dragon) vem do grego drákon, δράκων, que deriva do verbo derkomai, “olhar”, pois seu papel no mito grego é o de vigiar tesouros cobiçados. O nome tem sido dado a criaturas mitológicas muito diversas, de diferentes culturas.”
O que o nosso draco propõe? Algo diferente. Invés de apenas vigiar esses tesouros cobiçados, queremos também apresentá-los a todos que os buscam. Esses tesouros estão por toda parte: internet — em suas muitas facetas como blogs, sites de compartilhamento e redes sociais; computadores pessoais — escondidos por autores que são verdadeiros dragões, no sentido original da palavra; impressos — compartilhados entre amigos e familiares — e, claro, também nas estantes das livrarias por todo o país. Esses tesouros, ou podemos dizer, tesouro: a literatura fantástica brasileira.
A Editora Draco quer fazer conhecido esse imaginário brasileiro, tão nosso e único, mesmo influenciado por obras estrangeiras que chegam através de livros e outros meios.
_________________________________________________________________________

A Chiado Editora é especializada na publicação de autores portugueses e brasileiros contemporâneos, sendo neste momento a maior editora em Portugal neste segmento, e uma das editoras em maior crescimento no Brasil. Em pouco mais de sete anos de existência, a Chiado Editora revolucionou o mercado do livro em língua portuguesa, editando mais de 1000 novos títulos por ano! Em virtude dos métodos inovadores de produção e distribuição que desenvolve, todos os livros publicados pela Chiado Editora estão, a todo o momento, disponíveis para todos os Leitores, nas maiores redes livreiras de Portugal e do Brasil.
A política editorial seguida pela Chiado Editora visa democratizar o mundo editorial, gerando as melhores oportunidades para os Autores, e oferecendo aos Leitores excelentes obras, de variadíssimos géneros, a um preço justo e sem preconceitos.
Dado o sucesso conquistado em Portugal e no Brasil, a Chiado Editora expandiu o seu trabalho para vários países, em várias línguas diferentes. Poderá descobrir as obras publicadas pelas nossas divisões internacionais através dos seus websites. A Chiado Editora publica igualmente na Alemanha, Bélgica, Espanha e América Latina, Estados Unidos da América, França, Luxemburgo, Irlanda e Reino Unido.
_________________________________________________________________________

A Editora PenDragon surgiu de um sonho e viverá por esse sonho. Pendragon significa grande dragão, é o sobrenome de Uther Pendragon, pai do rei Artur. O nome por si só já representa uma filosofia, um pensamento voltado aos que guerreiam por anos e anos com as palavras, com as pessoas que desacreditam, e com as editoras ou ditas editoras. Pode-se imaginar que hoje o acesso à publicação é mais fácil, tendo em vista os meios independentes ou as centenas de editoras que atuam no mercado. Mas esse é um pensamento equivocado. Dentre as centenas de editoras, existem as grandes, que só publicam o que julgam vender, ou seja, o autor nacional está praticamente eliminado; as médias possuem um acervo interessante, de obras já consagradas e estão pouco dispostas em arriscar. Essas duas visam o lucro e a qualidade. As pequenas em sua maioria esmagadora buscam tão somente o lucro, agem como gráfica e vivem do sonho do autor, como parasitas de um conto de terror. Essas muito raramente se importam com qualidade, quase nunca se preocupam com o autor, que logo é esquecido em um pesadelo.
A PenDragon é formada por autores que ingressaram em editoras fajutas e se decepcionaram. Mas eles não desistiram e aprenderam o necessário para afastarem-se desses métodos. Criaram uma equipe consistente e profissional, que sabe das dificuldades e dos pensamentos antes do adormecer de um autor brasileiro. É nesse ponto que reside a diferença da Editora, criada em setembro de 2015. Eles não querem explorar os sonhos de ninguém, mas, juntos, realizá-los, com empenho, honestidade e justeza.
Não perca nenhuma atualização da Editora seguindo suas redes sociais:
Todas as informações foram retiradas do site das editoras.